Entenda o que é o Google Shopping e como usá-lo na estratégia da sua loja!

Se você já pesquisou algum produto no Google, é bem provável que você já tenha visto - e até acessado - o Google Shopping.


A plataforma é uma espécie de vitrine, onde é possível comparar preços e analisar produtos pelos resultados de pesquisa do Google.


E olha o poder: segundo a pesquisa State of Search Brasil, realizada com o apoio do SEMRush, essa foi a funcionalidade do Google mais usada pelos usuários em 2020!


Por isso, nesse texto, você entenderá mais sobre o funcionamento e as vantagens do Google Shopping.


O que é o Google Shopping e como ele funciona

O Google Shopping é a vitrine virtual do Google. É exatamente um shopping online mesmo.


Olha nosso exemplo:

Nós buscamos por "camera profissional" no Google.

Google Shopping

Perceba que os resultados do Google Shopping aparecem antes mesmo dos resultados orgânicos e dos patrocinados.


Já está destacado foto, título e preço do produto, além da loja que está anunciando.


E ao clicar na aba “Shopping”, na parte superior do buscador, mais resultados são mostrados, além de mais informações sobre os produtos. E, ao acessar uma das opções, o cliente em potencial é redirecionado à página oficial do produto.


Google Shopping x Google Ads

O Google Shopping é gerenciado dentro do Google Ads, mas ele funciona de forma diferente dos anúncios de textos tradicionais.


Esses últimos têm como princípio a escolha de palavras-chave feita pelo próprio anunciante.


Já no Shopping, você configura um lance a ser dado nos seus produtos e o próprio Google determina os termos relevantes para os anúncios, baseado nos atributos dos produtos.


A partir deles, a plataforma realiza um cruzamento de dados para entender em quais pesquisas exibir os artigos da loja virtual.


Você até pode adicionar palavras negativas para evitar que seus anúncios apareçam para elas, mas não definir para quais quer aparecer.


>> Saiba tudo sobre a Rede de Pesquisa do Google!


Google Shopping Gratuito

Uma novidade do Google Shopping, lançada em março de 2020, é a listagem gratuita (inclusão de produtos sem cobrança). Ou seja, é possível utilizar a ferramenta de forma gratuita.


Na página principal do Google, somente os anúncios pagos são exibidos. A novidade é na aba “Shopping”. No topo e ao final aparecem anúncios pagos, em destaque. E entre eles, aparecem os artigos classificados organicamente.

Google Shopping Gratuito e Pago

Os não-pagos são elencados de acordo com a relevância e o histórico de busca do usuário. Já os patrocinados, além desses parâmetros, classificam-se segundo os lances feitos pelas empresas anunciantes.


Tal qual os anúncios pagos, a inclusão dos produtos também é feita pelo Google Merchant Center. Se você já anuncia produtos, já está incluso na listagem gratuita, se precisar de um novo cadastramento.


Passo a passo de como se cadastrar

O primeiro passo é criar uma conta no Merchant Center - se o seu negócio já tiver um cadastro no Google Ads, utilize o mesmo e-mail.


Você deve completar o formulário com as informações da sua loja virtual e selecionar a opção “No meu website”, para permitir que os usuários finalizem a compra no seu e-commerce.


A próxima etapa é verificar o domínio do seu site.


Insira a URL completa da sua loja virtual (com o “https://”) e faça a verificação do domínio.

Clique em “Tenho acesso ao meu servidor” > “Escolher método” > “Adicionar uma tag HTML à minha home”;


Um código será gerado. E você deve inseri-lo no campo correspondente no painel administrador da sua loja virtual.


Depois, volte ao Google Merchant Center e clique em “Verificar URL”. Em seguida, selecione “Reivindicar URL” para autorizar que os produtos da loja virtual apareçam no Google Shopping.


Inserindo os produtos

Agora é o momento de configurar um feed de produtos no Google Merchant Center.


O feed é um arquivo com a sua lista de produtos. Ele deve cumprir alguns atributos do Google Shopping, como:


- Identificadores exclusivos dos produtos (Pode ser a SKU);

- Nomes dos produtos;

- Descrições dos produtos;

- Páginas de destino na loja;

- URLs das imagens principais e adicionais;

- Disponibilidade dos produtos;

- Data limite de exibição do produto;

- Preços promocionais;

- Parcelamentos;

- Medidas e dimensões;

- Categorias dos produtos definidas pelo Google e por você;

- Nome da marca, etc.


Você conferir quais são as informações não podem faltar no Guia de Feeds do Google.


Para criar o feed de produtos, você deve:

Acessar “Produtos” no menu principal do Merchant Center e selecionar a opção “Criar feed de produtos”.


Depois, configure informações básicas, como país e idioma, e marque “Surfaces do Google” para que os seus artigos sejam exibidos em todas as plataformas do buscador.


Em seguida, preencha o formulário com dados, como fuso horário, frequência de busca e o arquivo do catálogo de produtos. Por fim, clique em “Criar feed”.


No Google Shopping, a importação dos produtos pode levar até 48 horas. Caso haja algum erro, você será notificado no painel do Merchant Center.


Anunciando no Google Shopping

Caso você queira utilizar a listagem gratuita, você deve seguir esses passos:

Merchant Center > “Growth” > “Gerenciar programas” > Listar seus produtos online gratuitamente” > “Continuar” > “Ativar”.


Agora, se você for fazer anúncios pagos no Google, você deve criar uma conta no Google Ads.


Depois disso, é necessário vinculá-la ao Google Merchant Center:


Acesse “Gerenciar programas” > “Anuncie seus produtos” > “Começar”.


Ao lado de “Conta do Google Ads”, acesse “Vincular sua conta” e clique em “Link”.


Para finalizar a integração, no seu administrador do Google Ads:


Acesse a notificação da vinculação de contas, clicando em “Ver” > “Ver detalhes” : “Aprovar”.


Para finalizar, retorne ao Google Merchant Center:


Acesse “Anúncios” na aba Google Shopping e clique em “Ativar”.


Pronto! Agora você já pode patrocinar seus produtos no Google Shopping.


Vantagens do Google Shopping


Maior tráfego para loja virtual 

Os resultados do Google Shopping são os primeiros a serem exibidos nos resultados de busca o que traz um aumento na visibilidade, além de atrair mais atenção dos usuários, pois há atrativos como preço e imagem do produto.


O Google Shopping responde por 65% de todos os cliques no Google Ads.


Aumento das conversões 

Os usuários que chegam até sua loja através do Google Shopping já estão em uma fase mais avançada do que quando iniciaram a pesquisa poucos segundos ou minutos antes.

Segundo dados da Escola de E-commerce, a taxa média de conversão do Google Shopping é de 2,5%, valor 36% maior que a taxa média das lojas virtuais brasileiras.


Geração de leads mais qualificados

Os usuários que analisam as opções que o Shopping promove é porque já estão em estágios mais avançados do funil de vendas. Eles procuraram por um produto específico e já têm ideia do que querem comprar e do valor que estariam dispostos a pagar.


Maior presença nas buscas

O Google Shopping é mais uma opção para aparecer nos mecanismos de buscas como o Google.


Você pode aparecer na pesquisa por meio dos anúncios de textos tradicionais, de maneira orgânica e nos pagos do Google Shopping, além de ter seus produtos no recurso de compras de forma orgânica.


Monitoramento da performance dos produtos

O Google Shopping fornece relatórios de desempenho de cada produto anunciado. Todos os parâmetros de atribuição dos produtos servem como categorias de análise.


Por exemplo, podemos saber quais as categorias de produtos geram mais cliques e conversões.


Além disso, é possível levantar informações sobre a performance da concorrência para realizar comparativos de mercado.


Dicas para otimização de resultados


Preste atenção nos títulos e descrições dos produtos

O Google considera os atributos cadastrados nos produtos para exibir seus produtos a cada pesquisa.


Portanto, capriche nos títulos e descrição dos produtos, usando textos interessantes e persuasivos, com foco em conversão.


Valorize as características dos produtos e mostre seus diferenciais, incluindo palavras-chave que ajudem a identificá-los. Além disso, sempre inclua o máximo de informações sobre o produto, como tamanho, cores, preços, modelos e outros.


Atenção: títulos do Google Shopping podem ter até 150 caracteres, mas são exibidos apenas 70 e em telas de dispositivos móveis somente 55. Já a descrição é de 5.000 caracteres.


Negative palavras-chave

Apesar de você não escolher as palavras-chave para o seu anúncio, você pode e deve negativar as palavras-chave que não fazem parte do seu segmento.


Use imagens de qualidade

Apenas uma fotografia do produto é exibida na página principal e na aba do comparador. Assim, capriche na qualidade das imagens.


A imagem deve ter até 16MB, para que não fique muito pesada. Além disso, fotos com bordas, marcas d’água ou textos promocionais não são permitidas pela plataforma.


Pense na sua aparência para dispositivos móveis

Como já dito, os títulos do Google Shopping podem ter até 150 caracteres, mas em dispositivos móveis, são exibidos apenas 50.


E claro, sua loja precisa estar otimizada para dispositivos móveis.


Garanta boas avaliações de vendedor 

Google Shopping - Avaliação de Vendedor

Ter uma boa nota se torna um diferencial competitivo, e fará com que os compradores tenham mais confiança para realizar a compra.


Por isso, garanta um bom atendimento e faça a entrega do produto no tempo estimado.



Mostre os diferenciais de venda

Promoções, frete grátis e outros diferenciais de venda podem ser bastante interessantes.


Os diferenciais devem ser destacados no título ou descrição para chamar a atenção do público. Use frases de impacto — como “X% de desconto” ou “Frete Grátis”, por exemplo.


Faça campanhas para cada categoria de produto

Essa é uma dica se for investir nos anúncios.


Se você colocar todos os seus produtos em uma única campanha, eles sempre concorrerão pelo mesmo orçamento.


Por isso, divida cada categoria de produtos em campanhas diferentes.


Outra estratégia é separar seus produtos de maior giro ou receita em uma campanha exclusiva.



Quer colocar sua loja no Google Shopping e montar uma estratégia para gerar mais conversões?

Fale conosco: natalianunes@bclancomunicacao.com.br



Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square