Marketing odontológico: o que fazer e não fazer


A presença na internet é fundamental. Contudo, os profissionais da área odontológica precisam estar atentos às normas de divulgação de seu trabalho, uma vez que o Conselho Federal de Odontologia (CFO) limita algumas práticas consideradas ilegais pelo código de ética odontológico.

Recentemente, o CFO flexibilizou as diretrizes sobre as ações de Marketing na Odontologia, cedendo à necessidade e à realidade atual do mercado.

Conheça algumas práticas que são ou não legais:

- Selfies

É permitido divulgar selfies acompanhados de pacientes ou não. Mas, é necessária uma autorização prévia do paciente ou do seu representante legal.

- Antes e Depois

Com a nova resolução de 2019, é permitido ao dentista postar fotos de antes e depois dos tratamentos feitos por ele e também postar imagens do dia a dia no consultório, como stories ou posts nas redes sociais.

Obviamente, isto deverá ser autorizado pelo paciente, que precisa saber que a sua imagem será usada para fins comerciais.

Mas, atente-se: o CFO proíbe a divulgação de vídeos e/ou imagens do transcurso do tratamento ou procedimento, exceto em publicações científicas.

- Procedimentos e técnicas que não foram comprovadas cientificamente

É infração ética anunciar ou divulgar técnicas, terapias de tratamento, área da atuação, que não estejam devidamente comprovadas cientificamente, assim como instalações e equipamentos que não tenham seu registro validado pelos órgãos competentes.

- Cartões de desconto

É proibido o uso de cartões de desconto, como os cartões fidelidades ou meio que caracterize uma concorrência desleal.

- Divulgação de preços

A divulgação do preço e forma de pagamento da consulta é proibida.

O preço deve ser passado apenas quando o potencial paciente solicitar por algum meio de contato.

- Comunicação e Divulgação

É obrigatório constar o nome e o número de inscrição da pessoa física ou jurídica, bem como o nome representativo da profissão de cirurgião-dentista e também das demais profissões auxiliares regulamentadas.

- Equipamento e Recursos

O CFO não permite a utilização de imagens que permitam a identificação de equipamentos, instrumentais, materiais e tecidos biológicos na publicidade Odontológica.

- Troca de favores

Não é permitido a pratica de fornecimento de procedimento gratuito para fins de atração de novos pacientes ou promover campanhas oferecendo trocas de favores.

Também é proibido qualquer tipo de tratamento gratuito com intenção de atrair pacientes para o consultório e/ou oferecer os serviços como prêmio ou concurso.

- Superioridade

É proibido usar termos que possam levar os pacientes ao engano como “o melhor dentista da área”, “o único a realizar determinado procedimento” ou referir-se às técnicas de outros profissionais como ultrapassadas.

A utilização da expressão “popular” com o intuito de atrair pacientes também é proibida.

---

Quer saber quais estratégias de Marketing utilizar no seu consultório?

Acesse nosso material sobre Marketing Odontológico!

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square